Orquídeas Vermelhas

Orquídeas Vermelhas

Entre uma das mais destacadas orquídeas está a orquídea vermelha. Com uma cor maravilhosa e espetacular seu vermelho é vivo e penetrante. Chamando sempre atenção das pessoas que a olham. Infelizmente as orquídeas com essa cor estão bem escassas. Mas dentre a imensa quantidade e variedade de orquídeas que existem, sem dúvida nenhuma as vermelhas são uma das com mais destaque nessa espécie. Para os amantes da espécie ela tem um lugar de destaque entre eles. São plantas bem diferentes e com um aspecto único. Ficou curioso para saber mais a respeito dessa planta? Vamos ver agora alguns aspectos sobre as orquídeas vermelhas.

 

Especificações da Orquídea Vermelha

Renanthera Coccínea também conhecida como orquídea coral ou Renanthera Escarlate. Tem seu nome pelo significado de coccínea ser igual a “tingida pela cor escarlate”. Ela é uma planta natural da Ásia mais encontrada nos países como a China, Tailândia, Filipinas entre outros. Mas mesmo assim é totalmente adaptável ao clima brasileiro. Como seu principal destaque está suas lindas flores vermelhas que fazem um formato de cascata. É uma planta bastante delicada em suas folhas. Uma curiosidade da espécie é que devido ao seu formato, seu crescimento é ilimitado. Podendo chegar até mesmo a 10 metros de altura sem serem podadas. Naturalmente seu florescimento acontece no período da primavera. Sua floração dura em torno de 20 a 30 dias. E podem surgir diversos tons da cor vermelha. É uma planta como as demais da espécie das orquídeas que necessitam de muita luz e água. Inclusive, ela pode ser deixada exposta diretamente ao sol. Diferente de algumas outras orquídeas que devem ficar em meia sombra.

Ela pode crescer como rupícola que nasce em muros, paredes ou áreas rochosas. E também epífitas que crescem junto as árvores. Para o seu cultivo, suas raízes podem ficar flutuando, ou seja, não precisam de substrato. Porém, a rega para ela é indispensável. Ainda mais se o clima estiver muito quente e seco. É uma planta que também necessita muito do adubo para poder viver. Uma curiosidade é que nos países em que ela situa-se as pessoas a usam como cercas naturais. Deixando o aspecto do ambiente lindo. Ela é tão bonita que é capaz de decorar um ambiente mesmo estando sem sua floração.

Cuidados com sua Orquídea Vermelha

Assim como as demais orquídeas, as orquídeas vermelhas também precisam de cuidados especiais. Algumas informações são essenciais para o cultivo da mesma. Uma curiosidade é que essas plantas demoram um pouco para crescer até se acostumar com o lugar.  Após isso elas crescem muito rápido. Elas também não gostam muito de mudanças por isso faça o máximo possível para mantê-las no mesmo local sempre. Uma das coisas que elas mais gostam é de tomar muito sol. Essa espécie pode ser colocada em exposição direta ao sol sem problema algum. Apenas deve-se sempre estar de olho com a umidade do local em que estão. Como elas são plantas que crescem muito, o melhor lugar para planta-las é junto as árvores. Com o crescimento de sua floração você irá perceber que a sua extremidade é onde mais aparecerá suas flores. Pois é uma briga pelo topo onde mais pegará sol de forma direta. Em questão de seu cultivo lembra-se muito da orquídea-bambu.

Assim como as outras orquídeas também, as orquídeas vermelhas podem ficar doentes e chegar até a morte. Por isso, fique atento sempre a qualquer modificação em sua planta. Muitos efeitos podem aparecer, desde manchas, bichos e até a morte da planta. Por isso, cuide bem dela para que ela não fique doente. Dê a ela o necessário para sobreviver. Em caso de algumas pragas procure o produto certo para utilizar. Se informe antes sobre o que é a praga e então tome suas providências. Mas, o mais importante é dar o que a planta necessita. Luz, água e ar fresco. Procure sempre pesquisar mais a respeito dessas plantas para você sempre estar por dentro das principais notícias, novidades e curiosidade a respeito delas.

Locais onde se pode colocar suas Orquídeas Vermelhas

Caso você queira enfeitar seu lar com uma orquídea. O ideal é deixa-la o mais próximo possível dos padrões do seu habitat natural. Ou seja, perto dos lugares que recebem muita luminosidade. Um exemplo é perto de janelas. Em alguns casos a orquídea não pode receber luz direta. Por isso, é importante que você deixe-a pouco tempo exposta ao sol e ir mudando ela sempre de lugar. No caso das orquídeas vermelhas é diferente, pois elas são muito resistentes ao sol. Porém, é importante você ficar atento ao clima e temperatura. Cada orquídea corresponde a uma diferente, por isso é fundamental você verificar quais são as características de sua planta. Outro detalhe a ser lembrado é que caso você queira deixar uma orquídea vermelha dentro de casa é importante fazer suas podas regularmente, pois elas crescem muito em pouco tempo.

Mas o ideal é deixar suas orquídeas sempre fora de casa em meio a natureza. São os lugares em que elas mais se sentem à vontade e florescem melhor. Além de receber sol direto ou estar em uma meia sombra, estar com outras plantas e árvores faz bem a elas. Existe uma conectividade entre si. E também a terra em que elas ficam tem muitos nutrientes em que elas precisam para sobreviver. Mas sendo sempre necessário cuidar do solo ou local em que elas estiverem.

Uma dica interessante também é você colocar placas com os nomes das espécies em suas plantas. Além disso marcar sua última floração e a adubagem também. Isso ajudará você a saber cada período de sua planta e te deixará mais organizado em respeito aos cuidados necessários com ela. Com certeza ter uma planta dessas requer um pouco de trabalho. Mas o retorno dos benefícios em que elas te dão, é algo que não tem preço. São plantas muito lindas, todas diferentes umas das outras com uma variedade imensa. Por isso, ter uma dessas é um privilégio para quem gosta de plantas. E quem tem não se arrepende. Invista em uma e você verá o resultado.